Dádiva

Ela anda por aí com autonomia e se apresenta sem, muitas vezes, você se dar conta. Pois, perceba! Ela não dará a mínima, caso você não atente à sua presença. Porém, se for esperto e sacá-la por aí, não me vá bancar o estúpido menosprezando a oferta. Agarre-a com os braços cerrados e a carregue aninhada até o mais íntimo que puder. Só assim ela se sentirá valorizada e, quem sabe, não se desprenda de você para se oferecer a outro ser carente.

|

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*