Eles

“Eu vejo o calor se dissipando de seus lábios. Esse sorriso mascarando a introspecção mesquinha. Vejo seus olhos ao deixarem de estar sob atenção. O desvio arredio em direção ao nada e a volta sorrateira que de lá fazem. Que não oculta os traços na epiderme dos olhos. Tortuosos esses olhos. Eles são. Tortuosos.”

Ainda os racunhando…

|

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*