Ceticismo

“Naqueles bons tempos o espírito humano, semelhante à hera, abraçava-se a todos os troncos da árvore da vida, e vestia-se de viço e folhagem. O homem cria no homem; e o mundo ideal tomava corpo e vulto, e misturava-se com a realidade para a formosear. Hoje a ciência desbaratou todas as ilusões […] Quando este [o cepticismo] domina tudo, seja-nos lícito fazer também uma pergunta, e deixá-la sem a resposta: a árvore da ciência será a do bem ou a do mal?”

Alexandre Herculano (1810-1877).

|

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*