Autocrítica





















Isso significa que se eu publicar em meu blog esse quadrinho do JR Mora, estarei isento da crítica implícita. Por isso seguirei opinando sobre o que não me diz respeito, nem sobre o que não me perguntaram, porque agora estou imune. Pode parecer que não, mas é assim que funciona. Estou falando de blogueiros? Claro que não. Problemas se discutem na origem, certo? Perde-se tempo avaliando consequências, se a pretensão é entender suas razões. Sabemos que o cinismo, ironia, sarcasmo, isso tudo não surgiu no século passado. Mas, a título de recorte, digamos que a Televisão inculcou na consciência dos telespectadores que a autocrítica, se levada na brincadeira e feita contra si mesmo, isso redime o sujeito passível dela pelos outros. Por isso, desde o princípio, a televisão já zombava de si mesma.

Hoje, vemos alguns retardatários aplicando essa tática, seja em suas obras artísticas, seja em suas propagandas descartáveis, programas rasos, opiniões sem fundamento, etc. E o pior é que isso se tornou um pensamento tão enraizado, que hoje se aplica essa espécie de raciocínio automatizado e pouco se percebe. Aquela história, eu tento criticar ‘por tabela’ os outros e não percebo que recaio na própria crítica que faço. Por isso que a autocrítica é tão necessária em épocas como essa. Continua no próximo post:

|

2 comentários

  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 261 Call Stack: 0.0001 237648 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 238208 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0909 2522376 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0927 2532472 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1742 2685168 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1775 2703400 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1778 2704616 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 264 Call Stack: 0.0001 237648 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 238208 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0909 2522376 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0927 2532472 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1742 2685168 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1775 2703400 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1778 2704616 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 Rubia
    Postado 18/07/2010 às 21:28 | Link

    Apesar dos pesares, a charge é ótima! rs
    Não vejo problema algum em opinarmos sem que alguém tenha perguntado, mas hoje em dia, como diz Woody Allen, everybody’s happy to talk… full of misinformation.

    *vou ler o arquivo Television and U.S. Fiction.

  2. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 261 Call Stack: 0.0001 237648 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 238208 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0909 2522376 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0927 2532472 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1742 2685168 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1775 2703400 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1813 2706480 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 262 Call Stack: 0.0001 237648 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 238208 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0909 2522376 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0927 2532472 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1742 2685168 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1775 2703400 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1813 2706480 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 Denis
    Postado 22/07/2010 às 19:53 | Link

    Problema não há, de fato, mas depois que virou lugar comum, qualquer juízo emitido acaba se tornando só mais um. Pior: há público pra isso. Pior ainda: a opinião mais densa e profunda acaba sendo desprestigiada.

    É aquele cálculo pra quase tudo: quanto mais esforço exige de mim, menos me dedico. Por isso que a sentença “achei uma merda” tem mais sucesso que qualquer artigo com mais de três parágrafos fundamentados (rs).

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*