Não culpe, assuma

Dia desses, linkei no twitter um artigo do Steven Pinker, em que ele isenta a internet da culpa por nossa suposta superficialidade. Pois é opinião corrente a de que com o Google (ou a Wikipedia, se preferir) o conhecimento vem se tornado raso, certo? Errado. O conhecimento cresce, nenhum problema com ele. Problema mesmo têm aqueles que não conseguem utilizar a tecnologia a favor, sofrem de déficit de atenção e concentração e, pior ainda, consomem cultura rasa ou entretenimento barato porque dói na alma o que exige um mínimo de reflexão. Certo? Pinker diria que sim, mas porque ele é cerebral demais e culpa quem cai nesses equívocos. Para quem tem coração, esse cenário só detona com o ser humano e está tudo errado.

|

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*