Julio Cortázar

Na segunda, postei apenas um trecho dessa entrevista, acima (porque nele Cortázar fala do ’62, Modelo para armar’, um dos meus livros preferidos e o qual estou analisando, ultimamente). Agora, eu colo aqui na íntegra (devido às milhares de cartas, de todo o mundo, que chegaram aqui na redação pedindo a veiculação da entrevista toda).

|

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*