Estranhos passantes

A vida abriu uma ferida em mim, por onde agora percorre esse corpo. Lembro do sol mal dobrando as esquinas, a idade dos sulcos na calçada e o adocicado de final de tarde. Ruas, praças e parques, públicos, sentando nós dois a alimentar os pássaros, que são pombos, e ainda são vários. Meus pais apareciam pra se despedir, fosse cedo e fosse tarde. Os familiares levando-me no sobrenome, com aceno à distância. Estranhos passantes, se por acaso nas ruas, praças e parques. Éramos, talvez, todos felizes na indiferença, e por que não? Mas passar ileso é ilusão pouca, não se engane tanto. A vida cobra de você – quem dizia algo parecido era minha avó. É como a idade, esgotando-se o tempo e tornando míseras possibilidades grandes esperanças. Mísero é tanto quando o possível acaba. Por isso nunca entendia essa relação com a vida, aquele eterno enquanto dure. Eu, você e qualquer um que leia sabemos que não damos importância, até que cobra da gente. Ah, era minha responsabilidade? É tarde, abra as cortinas, que o sol não amanhã. O destino lhe apontará ao final que a culpa é toda sua. E o peso da injustiça cairá sobre seus ombros. Agora, carregue durante o quanto lhe resta, como um castigo, a punição e também maldade. Pois há sim certo prazer da vida em lhe vitimar no percurso. Ainda não entendi bem o propósito, mas acredito que ela esteja nos pregando algum ensinamento. Vai saber. Pois se tudo isso é assim, sem sentido, explicação, nem nada, então me dá adeus, que já vamos tarde. Abraços partidos pela amizade, alguns amores desperdiçados e sorrisos em festas de aniversário. Passo. A vida é um fado, mas há quem tire proveito e até de memórias enriqueça. Eu desperdicei minha passagem, olhei pela janela e achei bonita a paisagem. Não desci. Crianças sorrindo em balanços, senhores alimentando os pássaros. Ruas, praças e parques públicos. Nós dois morrendo juntos, afinal – que mais importou? Última saudade, que o leito esfria e a ferida arde.

|

Um comentário

  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 261 Call Stack: 0.0001 236912 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 237472 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0778 2528696 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0798 2590856 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1529 2758648 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1560 2814752 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1564 2816000 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/functions.php on line 262 Call Stack: 0.0001 236912 1. {main}() /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:0 0.0001 237472 2. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/nadapessoal.com.br/public/index.php:17 0.0778 2528696 3. require_once('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-blog-header.php:16 0.0798 2590856 4. include('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:75 0.1529 2758648 5. comments_template() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/single.php:222 0.1560 2814752 6. require('/home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php') /home/nadapessoal.com.br/public/wp-includes/comment-template.php:1230 0.1564 2816000 7. sandbox_commenter_link() /home/nadapessoal.com.br/public/wp-content/themes/ub_swiss/comments.php:36 crosshackl
    Postado 16/04/2010 às 13:54 | Link

    .

    Quem é que sai da nossa vida e não deixa uma lacuna dolorosa?

    .

Quer comentar?

Campos necessários *

*
*